Cartas para Anne Frank

Programa Reação Com Elas tem 2ª edição em formato virtual
10 de setembro de 2021

Anne Frank e os adolescentes cariocas estão separados por milhares de quilômetros e mais de meio século. Certamente, não se pode comparar o contexto da Segunda Guerra com uma cidade como o Rio de Janeiro hoje, mas estudos apontam fatores que se assemelham e geram empatia dos jovens com a obra. São identificadas questões que provocam nos alunos o mesmo desconforto vivido por Anne. O projeto Cartas para Anne Frank, finalizado em agosto desse ano, teve como objetivo descobrir quais histórias os 25 jovens da comunidade de Indiana, localizada no Complexo do Borel, no Rio têm para nos contar. Para isso, foi enviado para cada um deles um exemplar do livro “Diário de Anne Frank”. Após aulas, palestras e debates com vivências sobre o tema foi realizado um vídeo, onde os alunos foram os artistas. Além disso, Marcia Taíssa Reis foi a vencedora do concurso e como prêmio, recebeu um laptop.